Porque vou votar no Kalil!

Algumas pessoas têm me perguntado por que votarei no Kalil para prefeito. Então darei meu ponto de vista.

Normalmente voto em candidato progressista ou centro-esquerda. Acredito que o Kalil seja mais centro, um pouco liberal e moderno. Não vejo conflitos ideológicos com ele, até por que o cargo de prefeito não tem muito direcionamento ideológico. As propagandas dele até agora têm foco social e isso é um ponto importante, o prefeito tem que cuidar das pessoas que precisam e isso ele tem feito na propaganda. Não considero populismo e demagogia, achei natural. Ele não tem fanatismo religioso, aparentemente nem é muito de Igreja, considero outro ponto importante, não vai preocupar com questões que fogem das responsabilidades de um prefeito por ideais religiosos. A cidade precisa de um administrador e não um pastor.

Então vamos falar de administração, que é o que importa. Galo estava beirando o fundo do poço em 2008, 4 meses de salários atrasados, correndo o risco de perder os direitos federativos e econômicos dos jogadores. O time era péssimo, a folha salarial do futebol era se não me engano 2 milhões de reais, a folha administrativa era igual ao do futebol 2 milhões de reais, a parte administrativa alugava carros caros (Tucson), luxos desnecessários, o orçamento anual do clube era R$ 35 milhões de reais. O patrocínio master da Fiat era 3,5 milhões por ano, a Lotto que fornecia o material e pagava mixaria também. O Levir no início de 2008 cornetou a Cidade do Galo, falou que estava totalmente obsoleta, que os aparelhos de musculação davam vergonha de tão velhos, o hotel dos profissionais uma porcaria, o da base tinha o básico graças a ajuda do Amigos do Galo. Era uma situação grave, quase de várzea.

Conheci o Kalil no final de 2006, ele era presidente do Conselho, na época liguei para a empresa dele e marquei uma reunião, ele prontamente recebeu, cara dá abertura para qualquer atleticano, eu como simples torcedor fui recebido. Nem torcida organizada eu representava, era só um dos moderadores da comunidade do Orkut, mas o Kalil nem sabia o que era Orkut. rs Usei o Orkut como argumento de representatividade, mas pra ele isso não existe, o que é legal.

Nessa primeira reunião conversamos de Galo, no fim do ano teriam eleições para presidente, então tomei a liberdade de pedir para ele se candidatar, ele respondeu que não tinha interesse, que o time estava subindo e que o Ziza já estava escolhido pelo Ricardo Guimarães. Porém nesse dia senti que ele tinha o desejo no fundo de ser presidente, então sai de lá pensando que se tivesse um movimento popular em favor dele presidente, ele mudaria de idéia e o próprio Ziza e Ricardo Guimarães veriam que era a vez dele. Organizei então o “Volta Kalil” uma manifestação na Praça Sete para que ele se sensibilizasse e aceitasse candidatar, achei que a torcida do Galo ia em peso, mas o sentimento na época era que o GALO estava no caminho certo, pois tinha ganho a série B e a casa parecia arrumada, só deu umas 40 pessoas na manifestação, maioria do movimento 105, as organizadas mesmo estavam fechadas com o Ziza. Infelizmente não deu certo e a vida seguiu.

Já no fim de 2008, com o caos instalado no GALO, liguei de novo para a Erkal e marquei nova reunião. Dessa vez fui para implorar para ele que fosse presidente do Galo, aí o Kalil foi totalmente sincero comigo, falou que a empresa dele necessitava dele em tempo integral, que não passava por momento fácil, que poderia ajudar, mas pouco, e ainda disse que respeitava o mandato que o Ziza foi eleito e que uma ruptura em mandato pode ser mais danosa que a situação que estava.  Eu não queria nem saber, fiquei enchendo a paciência dele, pedi pelo amor de Deus, mas nada. Restou apenas as manifestações contra o Ziza, ai teve enterro, teve lavagem da sede, etc. Ai teve um dia que o Galo perdeu, eu, Coutinho e Kepps fomos na casa do Ziza no Belvedere manifestar, ai o cara ficou louco, xingou demais. Nessa ele perdeu a compostura, vi que o cara já estava no limite. Nessa época as torcidas organizadas já estavam contra o Ziza, perseguindo o filho dele, estava um cenário insustentável até que veio a renúncia. No dia seguinte da renúncia ou no mesmo dia, não lembro, já liguei de novo para a secretária do Kalil, pensei que agora ele ia querer ser presidente, não tinha jeito. O Afonso Paulino tinha assumido o clube interinamente, era mais um argumento, já que o Kalil não é fã do Paulino, mas para minha surpresa, o Kalil não quis de novo, mesmo depois de muito insistência e dessa vez a TOG ter ido antes pedir a mesma coisa, ai eu fiquei até meio puto com ele. Mas é que a empresa dele estava realmente precisando dele, eu entendia esse lado pessoal, mas estava desesperado com relação ao Galo. O desespero me fez caçar os filhos dele nas redes sociais e implorar para eles que convencessem o pai, eu estava muito no desespero. Nessa vi que um dos filhos estavam que nem eu, vi que era possível, era o Felipe, o filho mais velho e dei uma força para ele insistir lá, que juntasse com os irmãos e fizesse campanha.

Eis que 9hs da manhã de uma quinta acho meu telefone toca com o nome Kalil no identificador, eu já fiquei nervoso e atendi, ele logo falou: “Vou candidatar, quis te avisar pois você foi um dos que encheram meu saco” só agradeci e quase chorei de alegria. Que moral o cara me ligar né? Sistema é bruto.

Pronto, o cara assumiu com o barco quase no fundo do mar e começou a revolução. Passou a rapa na sede que parecia cabide de emprego, cancelou o patrocínio master, cortou os luxos da parte administrativa, extinguiu o marketing, renegociou todos os cheques que estavam na praça. Foi preparando o terreno, não tinha muito dinheiro para montar time, mas já transferiu todos gastos da parte administrativa para jorrar no futebol. Deixou a camisa limpa sem patrocínio para tentar valorizar o espaço. Trocou o goleiro Bruno no Tardelli.

Lembram do Levir cornetando a Cidade do Galo em 2008? Kalil reformou ela toda, comprou novos equipamentos, reformou o gramado, atualizou os hotéis. Em seguida fomos eleitos o melhor CT do Brasil. Atualmente rola de brincar que o Kalil já tem experiência como prefeito, ele transformou a Cidade do Galo em um dos maiores centros de treinamento do Mundo. A sede era a mesma desde a década de 80, ele reformou ela toda, hoje é um negócio de 1º mundo, inacreditável. Esses pontos você vê que ele pode fazer por BH.

E o orçamento? O Orçamento anual era 35 milhões, ele chegou aos 250 milhões.

E a dívida? A dívida pode ter crescido, mas com um orçamento na casa do que chegou, Galo respira tranquilo. O mais importante não é o valor da dívida, o mais importante é a relação dívida comparada patrimônio e orçamento. Uma empresa que fatura 35 milhões e deve 300 é gravíssimo mesmo, mas uma empresa que fatura 250 milhões e deve 450 milhões não é gravíssimo. Claro que não é uma situação excelente, mas a liquidez é outra. Se o Galo vender seu elenco, parte do seu patrimônio já resolve a dívida.

Os clubes sociais Labareda e Vila também tiveram o carinho da administração Kalil e hoje são infinitamente melhores. O Labareda tem piscina e academia de 1º nível, isso também considero que é um sinal que ele pode ser bom prefeito.

Hoje todos nós sabemos o patamar que o Kalil colocou o GALO, incontestável.

Acusam ele de entrar no Galo para levantar a própria empresa, eu sou uma das testemunhas que ele justamente não queria assumir o Galo pois a empresa demandava tempo demais dele. Claro que ser presidente do Galo melhora o relacionamento, estreitam laços, portas se abrem, claro que um cargo desse contribui com a vida pessoal do comandante do clube, ai as pessoas que querem denegrir a imagem do cara falam que ele usou para esse objetivo. É uma visão equivocada.

E o partido? A aliança dele?

O PHS é inegavelmente um partido pequeno e podemos dizer de aluguel, se houvesse a possibilidade de ir sem partido, acredito que ele iria, não acredito que quando eleito ele abra as pernas para o partido. Não quero propagar discurso de anti-partido, acho que partido é importante, mas nesse caso acho que vale a pena tentar o novo. Ele pode até aceitar indicações do partido, mas vai ser criterioso como administrador, não como político. Vamos ser inteligente, uma aliança que deu a ele 23 segundos na TV, é uma aliança que ele vai ficar devendo pouco favor. A turma dos minutos é que vão ficar devendo a mãe se eleitos. Então vamos dar uma chance para quem se eleito vai entrar devendo pouco favor? Quem entra devendo muito favor a gente já sabe o que acontece né? Nós que pagamos a conta. Ou alguém acha que o apoio da maioria dos partidos não é a base de chantagem? A favor do Kalil ainda é ter a Rede que é um partido de bandeira antifisiológica, pelo menos no discurso e o PV que é pequeno demais para ser ofensivo. Vamos confiar.

Se o Kalil não cede à chantagem, como vai ser a relação com a câmara de vereadores? Eu entendo que a relação municipal do executivo com o legislativo é a mais simples das três esferas, dá para você não ceder à chantagem e ainda ter governabilidade. Só o pessoal votar melhor para vereador, pense bem então.

Para finalizar, o Kalil é a melhor opção disparada, os outros são fracos, muito ruins mesmo. Vamos analisar os outros:

João Leite – o lugar dele é no legislativo mesmo, grande trabalhador por lá, tem condição nenhuma de ser prefeito, com todo respeito. Muita gente vota nele pela bondade dele, homem de Deus, mas ele é muito mais do PSDB do que de Deus. Ele é o deputado que o PSDB fica tranquilo, nunca vai contra o partido, mesmo que a proposta seja excelente para a população, ele é fiel ao partido. No início da carreira política ele era até melhor deputado, hoje ele é mais soldado do PSDB que qualquer coisa. Muitas pessoas votam nele pela bondade e ser trabalhador, mas nem sabem que ele é soldado do partido, ele chega a ser cruel na oposição ao governo do estado atual que é do PT só por conta disso. Esse ódio cego prejudica, cara tinha que ser no mínimo republicano. Será que todos projetos da situação e do governo são merdas? Nenhum vai ajudar a população? Claro que é importante uma oposição crítica, mas e as coisas boas? Infelizmente, ele é isso, um soldado do ódio do PSDB. PSDB faz parte dos partidões também, chega de partidões né? Chega de Aécio. Chega de conchavos. Ou alguém acha que aliança de 6 partidos vai prestar? Ainda tem o PP no meio, PP era aliado da Dilma até outro dia, coladinho no poder. PP é líder da Lava Jato em indiciados. Se o eleitor não gritar CHEGA para isso, nada vai mudar. Se o PP apoiar o Kalil, ai a gente chuta a mesa.

Délio Malheiros – candidato do Lacerda, anos atrás ele xingava o Lacerda até não poder mais. Essa turma que muda de lado igual muda de roupa não rola. O fisiologismo atual vai continuar do mesmo jeito. A aliança do PSDB pula para ele em caso de vitória, ai o PP vem junto. CHEGA DISSO NÉ? Ou você não aprendeu nada com a crise? Acha que só o PT é o capeta? Me ajuda ai.

Eros Biondini – condição nenhuma de ser prefeito e é da velha política religiosa, se tiver chance, vem o fisiologismo todo nele. Chega disso né?

Tibé – quem anda pelas ruas de BH sabe o tanto que esse cara gasta em campanha. Para piorar ele pega potenciais bons de voto para ser candidato a vereador na coligação dele e eleger mais gente no quociente eleitoral, isso é usar o sistema de forma sem moral. Colocou o Ronaldinho Sósia de candidato para conseguir uns votos no quociente eleitoral, sabia que o cara não ia ganhar, mas os mil imbecis que votaram no sósia ajudaram a eleger o candidato mais votado do partido dele. Simples assim e nada ético assim. Sei também que o Kalil indo para o segundo turno, é uma turma que vai correr para ele, mas ai é confiar que o Kalil não aceite putaria. E não vai aceitar, vamos confiar. Se aceitar, a gente cobra.

Consolação – é um voto que eu respeito, para quem é de esquerda e não quer alianças escrotas, é o caminho também. Mas ainda prefiro o Kalil.

Reginaldo Lopes – PT é partidão, a aliança atual nem é tão imunda quanto as anteriores, ficou só o PCdoB, se fosse um candidato bom, não veria problemas em votar, mas não gosto do Reginaldo Lopes e acho que o PT merece um descanso para reflexão. Quem sabe um dia volte aos ideais do início que eram nobres, mas ai vira o PSOL, ai é só votar no PSOL. rs

Rodrigo Pacheco – tem feito uma campanha muito bem feita, mas não gosto do PMDB.

Sargento Rodrigues – não conheço e nem vou gastar tempo para conhecer, apesar do PDT ser dos menos piores partidos dos tradicionais.

Vanessa Portugal – Muito radical

Então nas eleições sou Kalil, seja quem você quiser, mas uma coisa estou certo, Kalil tem competência para melhorar Belo Horizonte. Chega de partidões, a hora é do Kalil.

 

Situações que indicam que o Kalil é diferente:

01 – Peitou a Globo para melhorar as cotas

02 – Peitou a CBF para melhorar a situação dos clubes

03 – Mal começou a campanha ele já tuita “Não converso com empresário de ônibus. Não adianta me procurar. ” O cara simplesmente disse que não conversa com o pessoal que boicota o metrô e que financiava os candidatos dos partidões até pouco tempo atrás.

O caminho é esse. Fechado com ele.

PS: Não recebi 1 centavo para fazer esse texto e nem quero. Meu pagamento referente a Kalil ele me deu no dia 25 de julho de 2013, o dia mais feliz da minha vida. Mas ele é muito mais que futebol, não tenho dúvidas, se fosse só futebol, não votaria, tenham certeza.

PS2: Sou democrático e respeito o voto de cada um, só dei meu ponto de vista.

Tagged with: