A diferença entre o “Eu acredito” do “Eu tenho certeza”

Com a frase, “Eu não acredito… Eu tenho certeza” uma certa torcida dá o tom da arrogância que a move. Move não na direção de uma bandeira, ou de uma paixão identificada com um escudo, mas na direção de um patético pedestal, muito baixo mas que ela vê nas alturas.

Como nunca serão reconhecidos pela emoção, pela paixão e pela grandeza desses sentimentos, gritam empáfia, arrotam antipatia e assim esperam serem vistos como melhores.

Melhores de quê? Não são e não serão os melhores da América e precisam lembrar caladinhos, que o campeão atual dessa competição ainda é o Galo e que na gaveta de alguns deles ainda dormem camisas do Olimpia.

Deviam acordar para a realidade de ter um elenco tão mediano e comum, como tem hoje o Botafogo, o Atlético Paranaense ou o Bahia, e se tocarem que idolatram um grupo onde dois ou três se destacam no meio de um emaranhado de Ricardos Goularts e Júlios Baptistas.

O silêncio de hoje estampado no rosto sem graça e sem lugar dessa torcida, lembra aquele quadro do palhaço triste. Sem poder desfazer da alegoria e da petulância de outrora, pintados ainda com o sonho da alegria de se aproximar da taça, se esforçam para dizer “fechadocomcruzeiro”, certos de que estão de fato entupidos de vergonha e desânimo.

Certo dirigente de lá, corava a antipatia celeste, grasnando com um total despreparo e desequilíbrio emocional, (típico de quem se faz por falácias) a frase “Mexeram com um gigante e agora nós vamos “atrupelar”…” Pobrezinho, precisou de uma falha de arbitragem para levar o rural com três empates, classificou aos trancos e barrancos na Libertadores, determinou que lugar de mulher bonita é na Playboy e sentado na sua incólume arrogância se despediu da libertadores com o rabinho entre as pernas…agradecendo aos 40 mil que se enganaram quando disseram que tinham certeza.

Caro torcedor do Galo, nossa vibração incomoda muito, nosso amor a um clube nem sempre perfeito dentro dos gramados, traz inveja clara e é muito bom olhar para aquela camisa preta e branca que já ganhou o Brasil, que já ganhou a América, que é soberana em Minas, encher os pulmões e gritar, quando tudo parece difícil: EU ACREDITO!!!

AQUI É GALO!

Autor: Desconhecido

ENTRE NO MUNDO DAS APOSTAS ESPORTIVAS, CADASTRE NO SPORTINGBET – CLIQUE AQUI